O tempo e Deus

“O tempo cura tudo. Deus cura tudo. O tempo é o melhor mestre. Deus é o melhor mestre”.

O tempo e Deus andam lado a lado. Tão entrelaçados e tão distantes. O tempo sem Deus não nos leva a lugar nenhum e Deus sem o tempo não nos amadurece. Por isso, Deus é o Senhor do tempo. Ah, o tempo, se tornou inimigo de muitos e, se não bem trabalhado, nos distancia de Deus e de nós mesmos.

Não temos tempo para tantas coisas. São tantos compromissos, cobranças, obrigações e esforços QUE ESQUECEMOS para onde estamos indo ou PORQUÊ queremos chegar. Muitas vezes deixamos de “dedicar” nosso tempo à família, aos amigos e aos verdadeiros sonhos. Seguimos junto com a maré, sem fazer muitas perguntas, pois se as fizermos, podemos demorar um pouco mais para chegar lá e o mundo nos ensina a ir em frente, jamais andar para trás.

E, seguindo em frente, aprendemos a sobreviver. Aprendemos a aceitar a vida como ela é. Mas onde fica Deus nisso tudo? Se já é difícil nos dedicarmos a tudo o que a vida “física” nos exige, com dar conta da nossa vida “espiritual”? Por isso, nos tornamos experts em viver “partículas” da vida. E vivemos conforme o tempo dá, hora nos dedicamos às nossas coisas, hora nos dedicamos às coisas de Deus e vivemos como se tivéssemos duas almas, dois Senhores, dois pesos, duas medidas.

E, sem perceber, nos rendemos às desculpas que a frieza traz à tona. Não rezamos porque o tempo é curto, porque há tantas responsabilidades, porque há tanto a fazer. Não dedicamos um tempo para Deus porque já fazemos o bastante. Não procuramos escutar nossos amigos porque a vida é corrida e mandar um e-mail ou mensagem já é o suficiente. Não paramos para escutar porque estamos preocupados com nossos problemas ou porque os nossos problemas são muito maiores ou complexos do que quaisquer outros. E, por fim, chegamos a brilhante conclusão de que não nos doamos mais a Deus porque a vida é difícil mesmo e fazemos o que podemos e Deus entenderá.

Geração difícil esta que está no mundo, na qual 24 horas não são suficientes para fazer tudo o que se quer. Crescemos junto com as tecnologias, junto com as modernidades, junto com a sociedade. Não podemos ser alienados a ponto de esquecer de tudo o que há no mundo e vivermos para a igreja, respirarmos a religião e tudo o que ela exige, pois Deus deu o dom da vida a cada um e podemos sim, vivê-la, com sonhos, projetos e metas. Porém, devemos estar no mundo com o pensamento no céu e isso, por si só, já faz toda a diferença, tanto em resultados, como em dificuldades.

Por mais que seus sonhos e projetos existam, lembre-se que Deus tem um plano para você também. E esse plano inclui felicidade completa. Por isso, devemos sempre nos colocar na vontade de Deus e ver o que Ele quer para nós. E mais do que isso, devemos seguir nosso coração sim, mas colocar Deus à frente de cada passo. E isso, inclui o nosso tempo, que diante de tantas obrigações e vontades, nos deparamos com nossas limitações e não conseguimos dar conta, nem dos nossos sonhos, nem dos sonhos de Deus.

Quantas vezes você ou seus amigos deixaram de servir a Deus por falta de tempo? Quantos não abandonaram a igreja porque não conseguiram conciliar a vida na igreja e fora dela? Quantas vezes você, como servo da igreja não deixou de participar de um aniversário para algum compromisso da igreja ou ao contrário para ir a um aniversário? Temos a opção de escolha por Deus diariamente. E sim, é necessário equilibrar nosso tempo, pois nossas famílias também precisam nos ver como reflexo de Jesus, porém temos que tomar cuidado com as desculpas. Será que não podemos nos doar mais? Será que estamos dando o tempo necessário para Deus? Não digo apenas servindo, mas se entregando diariamente a Deus por meio de nossas orações. Nós devemos buscar o equilíbrio diariamente. Ele exige renúncias, mas seus frutos futuros são muito maiores e compensadores.

Se a gente deixa se conduzir por Deus, inevitavelmente vemos o que Deus quer que vejamos. E aí, seremos conduzidos a aplicar o nosso tempo nas coisas do Senhor. Em suas músicas, em suas obras, em seu amor. E a vida fluirá mais leve.

Tudo o que o encardido quer é nos afastar de Deus…e qual a melhor forma de nos afastar, nos levando a tantos compromissos e obrigações? Cuidado!!! Dê a Deus o que é de Deus (tempo e alma) e dê ao mundo o que é do mundo (tempo e alma). Porque na verdade, não podemos separar o nosso corpo da nossa alma, mas podemos aplicar nossas forças e tempo de forma equilibrada.

Pare. Pense. Reorganize seu tempo e suas prioridades. Deus merece isso de você. E, você também merece viver melhor do que você está vivendo!Pois a vida pode ser pesada, mas grande parte desse peso, somos nós que colocamos.

By Wal